CUNHA, Paulo Arsénio Veríssimo da PDF Imprimir e-mail

Nasceu em Lisboa a 1 de Setembro de 1908. Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa, concluiu o doutoramento, na mesma instituição, em 1934, tornando-se professor catedrático quatro anos mais tarde. Paulo Cunha seria considerado o principal renovador do estudo do Direito Civil em Portugal.

Foi vice-Reitor da Universidade de Lisboa entre 1947 e 1950, passando a exercer funções de Reitor entre 1962 e 1965. Ministro dos Negócios Estrangeiros entre 1950 e 1958, foi por diversas vezes substituído interinamente por Marcelo Caetano.

Defensor convicto da política ultramarina portuguesa, consolidou a integração de Portugal na Aliança Atlântica e negociou o Tratado de Amizade e Consulta com o Brasil. Solicitou o apoio britânico desde o início das negociações da Zona de Livre Câmbio (ZLC) , e, em Maio de 1957, colocou a Paul Henri Spaak e ao ministro francês dos Negócios Estrangeiros, a possibilidade da associação de Portugal ao Mercado Comum. Na remodelação governamental de Agosto de 1958 foi substituído por Marcelo Matias.

Morreu em Lisboa a 16 de Dezembro de 1986.

 
Apoios: