FRANCO, António Luciano Pacheco de Sousa PDF Imprimir e-mail

Nasceu em Lisboa em 1942. Licenciou-se em Direito na Universidade de Lisboa e em 1972 e concluiu o doutoramento, depois de ter frequentado um curso de pós-graduação na Sorbonne, em Paris.

Iniciou a carreira universitária como professor na Faculdade de direito da Universidade de Lisboa. Foi militante da Juventude Universitária Católica.

Após o 25 e Abril, aderiu ao PPD, mantendo relação com Freitas do Amaral e Adelino Amaro da Costa, fundadores do CDS. Foi nomeado secretário de Estado das Finanças do VI Governo Provisório, do Almirante Pinheiro de Azevedo e foi eleito deputado em 1976 pelas listas do PPD, partido que chegou a dirigir entre Janeiro e Julho de 1978.

Afastou-se depois do PPD e fundou a Associação Social-Democrata Independente (ASDI), movimento político a que preside entre 1979 e 1982, tendo, entretanto, participado no V Governo Constitucional de Maria de Lurdes Pintassilgo como ministro das Finanças entre 1979 e 1980.

Em 1986 aceitou o convite do primeiro-ministro, Cavaco Silva, e do ministro das Finanças, Miguel Cadilhe, para a presidência do Tribunal de Contas, cargo que ocupou até 1995.

Com a chegada do PS ao poder, liderado por António Guterres, ocupou novamente a pasta das Finanças, entre 1995 e 1999, tendo a sua passagem pelo Governo ficado marcada pela adesão do escudo ao euro. Regressou à política activa em 2004, encabeçando a lista que o PS apresentou nas eleições para o Parlamento Europeu.

Morreu a 9 de Junho durante uma acção de campanha eleitoral realizada em Matosinhos.

 
Apoios: