1952-03-03 PDF Imprimir e-mail
Referências do Presidente da Assembleia Nacional, Albino Soares Pinto dos Reis Júnior, à reunião do Conselho do Pacto do Atlântico (Lisboa, 20 de Fevereiro de 1952), na sessão de 3 de Março de 1952.

 

O Sr. Presidente: Finalmente, um outro acontecimento, de natureza inteiramente diferente e da mais alta transcendência, ocorreu em Portugal e se iniciou nesta mesma sala de sessões da Assembleia durante a interrupção dos trabalhos da Câmara. Quero referir-me à última reunião do Conselho do Pacto do Atlântico Norte. Pondo de parte o facto, aliás honrosíssimo, de Lisboa ter sido durante alguns dias a capital do mundo ocidental, em que estamos integrados, e as eloquentes demonstrações de consideração e respeito por Portugal e pelos seus mais altos dirigentes e pelo esforço desenvolvido para ocuparmos o nosso lugar no concerto das nações, com dignidade e sem causar dificuldades e preocupações aos grandes responsáveis da defesa do Ocidente, há que assinalar o extraordinário alcance das decisões aqui tomadas e às quais fica vinculado o nome do País e da sua capital. Efectivamente a aprovação do projecto do exército europeu e do estatuto da comunidade europeia, do sistema de relações entre esta e a organização do Atlântico Norte e a participação da Alemanha ocidental no exército europeu são decisões que permitem encarar com optimismo o futuro da liberdade dos povos e da civilização crsitã que informa o mundo ocidental e é a mais alta florescência espiritual do Homem.

 

Diário das Sessões da Assembleia Nacional e da Câmara Corporativa, N.º 131 de 4 de Março de 1952, p. 357.

 

1952_Sessao 04.03.1952.pdf 1952_Sessao 04.03.1952.pdf 337.52 Kb
1952_Sessao 04.03.1952_pag 357.pdf 1952_Sessao 04.03.1952_pag 357.pdf 141.82 Kb

 
Apoios: