SAMPAIO, Jorge Fernando Branco PDF Imprimir e-mail

Nasceu em Lisboa a 18 de Setembro 1939. Frequentou a licenciatura em direito na Universidade de Lisboa durante a crise académica do início da década de 60, período durante o qual assumiu papel de destaque, ao ser eleito presidente da Associação Académica da Faculdade de Direito, em 1960, e secretário-geral da Reunião Inter-Associações (RIA) em 1961 e 1962.

Terminada a licenciatura, exerceu a advocacia, distinguindo-se enquanto defensor de figuras ligadas à oposição ao Estado Novo. Defendeu réus envolvidos nos processos da “Revolta do Quartel de Beja”, da “Capela do Rato” ou o “Caso dos Estudantes”. Foi candidato a deputado à Assembleia Nacional pelas listas da CDE nas eleições realizadas em 1969.

Após a queda do Estado Novo participou na criação do Movimento de Esquerda Socialista (MES), mas não concretizou a sua adesão. Participou no movimento de intervenção socialista denominado GIS. Foi secretário de Estado da Cooperação Externa no IV Governo provisório, liderado por Vasco Gonçalves.

A sua filiação no PS acontece no ano de 1978, sendo eleito deputado em 1979. Em 1987 regressou à Assembleia da República em 1987 e em 1989 foi eleito secretário-geral do PS, altura em que se candidatou, e venceu, as eleições à Câmara de Lisboa, sob coligação entre socialistas e comunistas.

Em 1995 candidatou-se à Presidência da República, derrotando Cavaco Silva nas eleições de Janeiro de 1986. Foi reeleito para o cargo em 2001.

 
Apoios: