1952 PDF Imprimir e-mail

20 de Fevereiro
Realiza-se, em Lisboa, o Conselho do Pacto do Atlântico. Dias mais tarde, a 3 de Março.

3 de Março
O Presidente da Assembleia Nacional, Albino Soares Pinto dos Reis Júnior, refere-se ao Conselho do Pacto do Atlêntico realizado em Lisboa e à constituição de umexército europeu em intervenção parlamentar.  

11 de Março
São promulgadas as novas bases do Condicionamento das Indústrias (Lei n.º 2052).  

24 de Abril
É criada, na dependência do Ministério dos Negócios Estrangeiros a Delegação Portuguesa junto da organização da OTAN (DELNATO) (decreto-Lei n.º 38 728).  

27 de Maio
Assinatura, em Paris, do Tratado que institui a Comunidade Europeia de Defesa – CED pela França, a Alemanha, a Itália, a Holanda, a Bélgica e o Luxemburgo.  

30 de Junho
Fim oficial do Plano Marshall. Os quinze membros da OECE decidem continuar a sua actividade em Paris. 

23 de Julho
O Tratado da CECA entra em vigor. A Alta Autoridade da CECA, primeira assembleia europeia supranacional, é presidida por Jean Monnet. Para além da Alta Autoridade, a CECA tem como instituições o Conselho Especial de Ministros, a Assembleia Comum e o Tribunal de Justiça. Tem ainda um Comité consultivo, que apoia a Alta Autoridade.  

29 de Dezembro
A Lei n.º 2058 aprova as bases que constituem o I Plano de Fomento. As prioridades vão para o desenvolvimento de infraestruturas: electricidade, transportes e comunicações.  

 

  

 
Apoios: