1980 PDF Imprimir e-mail

3 de Janeiro.
Toma posse o VI Governo Constitucional, chefiado por Francisco Sá Carneiro . Diogo Freitas do Amaral é vice-Primeiro Ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros e Aníbal Cavaco Silva , ministro das Finanças e do Plano.

É criada a Secretaria de Estado da Integração Europeia, sendo nomeado para o cargo de secretário de Estado Rui de Almeida Mendes . 11 de Janeiro Apresentação do programa do VI Governo, dirigido por Sá Carneiro , na Assembleia.

29 de Fevereiro.
Lorenzo Natali afirma que Portugal terá um papel importante nas relações externas da CEE com os países “da bacia mediterrânica” da África e da América Latina.

1 de Março.
Lorenzo Natali anuncia o calendário da integração de Portugal na CEE.

6 de Março.
Roy Jenkins, presidente da Comissão das Comissão das Comunidades Económicas Europeias, chega a Lisboa.

7 de Março.
Assinatura do acordo intergovernamental entre Portugal e a República Federal da Alemanha. O acordo contempla um empréstimo de 55 milhões de marcos (cerca de um milhão e meio de contos) destinados ao financiamento de projectos dos parques industriais de Beja e da Covilhã.

18 de Abril.
O Fundo de Desenvolvimento Industrial para Portugal, criado no âmbito da EFTA, anuncia que irá disponibilizar 40 milhões de dólares para auxiliar as pequenas e médias empresas portuguesas.

21 de Abril.
Sá Carneiro chega a Estrasburgo, para discursar na Assembleia do Conselho da Europa. O primeiro-ministro português apela à unidade do Ocidente.

27 de Abril.
27 e 28 de Abril. Conselho Europeu de Luxemburgo.
A discussão das sanções americanas contra o Irão domina o encontro.

12 de Junho.
12 e 13 de Junho. Conselho Europeu de Veneza.  

17 de Junho.
Sá Carneiro parte para Haia e Bruxelas, onde manterá conversações com os respectivos chefes de governo relativas à adesão de Portugal ao Mercado Comum.  

22 de Setembro.
O Iraque declara guerra ao Irão.  

5 de Outubro.
Eleições legislativas, a AD tem maioria absoluta.

7 de Outubro.
O Conselho de Ministros da CEE aprova o programa de “Acções Comuns” a favor de Portugal, que prevê um auxílio, pré-adesão, de cerca de 20 milhões de contos. O auxílio comunitário é coberto através de empréstimos unificados do Banco Europeu de Investimentos (150 milhões de UCE) e subvenções a fundo perdido (125 milhões de UCE).
O Acordo foi assinado em 3 de Dezembro de 1980 entrando em vigor a 1 de Janeiro de 1981.  

5 de Novembro.
Ronald Reagan vence as Eleições presidenciais norte-americanas.

1 de Dezembro.
1 e 2 de Dezembro. Conselho Europeu de Luxemburgo. 

4 de Dezembro.
O Primeiro Ministro, Francisco Sá Carneiro e o ministro da Defesa Adelino Amaro da Costa morrem num acidente de aviação.

7 de Dezembro.
Ramalho Eanes é reeleito Presidente da República.

18 de Dezembro.
Acordo, sob a forma de troca de cartas entre a CEE e Portugal, relativo à concessão de uma ajuda de pré adesão.  

 
Apoios: